quinta-feira, maio 22, 2003

Prefiro a caneca

Fiquem lá com a taça das equipas da Europa de segunda linha. Para mim, esta excitação é patética e provinciana. Até a comunicação social foi atrás desta loucura, com jornalistas a vestirem a pele de adeptos histéricos sem qualquer pudor. Quanto a isto ser ou não uma vitória para o país, é óbvio que não é: é uma vitória para a nação do Porto, como os seus dirigentes aliás gostam de vincar naquele bairrismo bacoco da frustração da periferia. Foi o próprio Pinto da Costa a dizer, ontem, depois do jogo, que a final da taça de Portugal não será jogada no estádio nacional mas no estádio de Oeiras. Quem incita afinal ao independentismo e ao ódio interclubista??? O Porto tem uma boa equipa e joga bem mas os seus homens usam estratégias perniciosas de manipulação dos jogadores e das massas! Boa parte dos seus responsáveis são más pessoas.

Sem comentários: