quinta-feira, junho 05, 2003

A frase de DJ Carcaça

"É como bater uma punha a pensar na vizinha de baixo. Até parece que a fodemos..."

merece-me a seguinte contra-argumentação:

Mais vale a vizinha de baixo na mão do que o vizinho do segundo andar

e ainda

Mais vale a vizinha de baixo na mão do que o vizinho no corrimão

e ainda

Mais vale a vizinha de baixo na mão do que três a voar

e ainda

Mais vale a vizinha de baixo na mão do que o filho de empurrão

e ainda

Mais vale a vizinha de baixo na mão do que o vizinho de cima no cu




Sem comentários: