terça-feira, agosto 05, 2003

Cherne

Sou um indefectível do peixe grelhado. Ou seja, o peixe, para mim, à excepção do bacalhau, deve ser salgado e bem assado, mais nada: nem no forno, nem escalado com azeite e alho como agora está muito em voga na costa alentejana. Ainda assim, às vezes fico tentado com coisas mais elaboradas, como a caldeirada, de preferência de raia, ou esta proposta de cherne do nosso chefe.

Sem comentários: