.
.

NÚCLEO DURO

 

Pub

A política é a arte de fazer alianças. É só derreter os fios de ouro roubados...







Pub







sexta-feira, setembro 05, 2003

Os Donos do Garfo

Nome: "The Oval"
Designação: Pub
Localização: Abbey Road, Dublin
Preços: 15 euros por pessoa
Classificação: 7 (de 0 a 10)



Pode não ser o pub em tempos frequentado por Joyce, Yeats ou Beckett, mas sempre estamos num pub bastante conhecido de Dublin, devido à sua localização central, numa rua transversal à O`Connel Street. O nome do pub advém da sua fachada pouco usual, caracterizada pelo meio círculo que ornamenta o topo do edifício.



A primeira coisa complicada para o português que queira tomar uma refeição num verdadeiro pub irlandês é chegar a horas em que a cozinha ainda esteja em funcionamento. Que os tipos são muito mais amigos da bebida do que da comida, já eu sabia. Mas nunca pensei que fosse assim tão complicado. Cada pub tem os seus horários próprios, mas, por norma, é impossível pedir comida depois das oito da noite. Após alguns insucessos, lá nos predispusemos a comer pouco depois das seis e meia. Entrámos e deparámo-nos com um cenário típico de pub irlandês. No rés-do-chão, um robusto balcão de madeira, cheio de pessoas que saboreiam a primeira "pint" de Guinness depois do trabalho. Subimos ao primeiro andar, onde existem algumas mesas para os comensais. As paredes estão decoradas com desenhos de personagens que frequentaram o pub (todo o pub que se preze tem um longo historial de habitués ilustres e é comum ouvir dizer que x ou y "bebia" ali ou acoli) e as empregadas são jovens e parecem estrangeiras. Ao fundo, um televisor gigante mostrava imagens dos interessantes desportos gaélicos: "hurling" e futebol gaélico (que gozam de uma popularidade surpreendente).
Mas vamos ao que interessa. Confesso que não esperava maravilhas desta refeição. Mas, meus amigos, corri a Irlanda de lés a lés, andei pelas terreolas onde se diz que se come bem e nunca comi tão bem como no "The Oval". Pedi um "Irish Stew", o único prato decente da gastronomia irlandesa, acompanhado por uma pint de Guinness. O estufado veio servido num prato de sopa, regado abundantemente com um molho escuro (um dos ingredientes do molho era cerveja). A carne era muita e muito bem cozida,desfazendo-se ao toque do garfo. Tinha um sabor levemente adocicado, graças a uma especiaria que não consegui identificar (pronto, eu sei, não sou o David Lopes Ramos). A acompanhar, misturadas no caldo, duas ou três batatas cozidas. É também servido pão, que, depois de ensopado no molho, constitui uma deliciosa açorda. Mas isso sou eu, que sou um alarve!

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



 

banner for http://www.eurobilltracker.com

Powered By Blogger TM