quarta-feira, setembro 24, 2003

A questão coimbrã

Duas pequenas achegas:

1-Como bem refere o Mar Salgado, Coimbra não é Portimão. Se fosse, não nos daríamos a este trabalho...

2-O Lérias faz algumas observações pertinentes em relação ao assunto. Diz ele que o Carcaças subestima o papel de dinamização cultural e desportiva levado a cabo pelas secções da Associação Académica de Coimbra. É verdade que na AAC «sempre se fez muita coisa de interessante». Embora a própria AAC viva muito fechada no edifício da Padre António Vieira e interaja pouco com a cidade. O potencial da associação não é aproveitado. Mas o Lérias percebeu a mensagem. De facto, as minhas críticas dirigiam-se essencialmente às «instituições que mais giram à volta de uma certa Coimbra cristalizada». É claro que há outros pratos para onde seria muito mal educado e injusto cuspir.

Sem comentários: