.
.

NÚCLEO DURO

 

Pub

A política é a arte de fazer alianças. É só derreter os fios de ouro roubados...







Pub







terça-feira, dezembro 02, 2003

Grande Reportagem

Compro o DN no Sábado na expectativa de ver a remodelada "Grande Reportagem", que agora passa a ser vendida semanalmente em anexo ao jornal. É ainda cedo para avaliar os mériotos e deméritos desta nova versão (o primeiro número é mais cheio e preparado com mais tempo), mas podem-se já fazer algumas observações:
1- Em termos de formato, a revista aparece num tamanho mais pequeno (tipo "Time") e com papel barato, que não beneficia a qualidade das impressões fotográficas (um dos apanágios da versão anterior).
2 - Dado que não houve um reforço substancial da redacção (que seria necessário para se passar de uma publicação mensal para uma semanal sem perdas de qualidade), receio bem que a GR fique cada vez mais "prisioneira da actualidade", ao contrário do que o JFV vaticina no seu editorial de apresentação. Ou seja, sem tempo nem meios para fugir à "espuma dos dias" e "contar histórias bem escritas". As sinergias de grupo fizeram com que a GR fosse engolida pelo DN e pelo JN, que assim esperam ganhar mais leitores. O "Público" responderá em breve com a sua versão da GR. Para além das acções de maquilhagem, o jornalismo ganha alguma coisa com isso?

O problema é que o "jornalismo de investigação" exige meios. Não é só mandar o intrépido jornalista para o terreno. Há todo um suporte em termos de produção e isso é caro. Os administradores dos média portugueses estão convencidos de que esse jornalismo de investigação (falo de uma investigação que vá para além da superfície das coisas) não traz retorno económico e que não serão penalizados se apresentarem produtos de segunda com aspecto de primeira. Talvez tenham razão. O género está cada vez mais moribundo.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



 

banner for http://www.eurobilltracker.com

Powered By Blogger TM