.
.

NÚCLEO DURO

 

Pub

A política é a arte de fazer alianças. É só derreter os fios de ouro roubados...







Pub







quinta-feira, janeiro 27, 2005

Marxismo

Li há pouco tempo a correspondência do António José Saraiva e do Óscar Lopes. Brutal. Para além das dezenas de cartas fastidiosas em que os dois marretas discutem correcções à História da Literatura, de que são autores, desenrola-se um debate interminável sobre o marxismo, com Lopes mostrando-se um estalinista irredutível e Saraiva revelando uma evolução que, caso fosse vivo, o enquadraria no PS ou no PSD (passe a redundância).

A reflexão tem em torno do comunismo tem a virtude de demonstrar que o marxismo acabou porque era uma teoria parva e, mais importante do que tudo, porque nunca ninguém percebeu bem o que significava. A experiência epistolar de Lopes e Saraiva deixa assim claro que a minha confusão liceal em torno do conceito de "super-estrutura" representou, afinal, um grande sinal de lucidez e perspicácia. Viveu um gajo anos nesta angústia...

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



 

banner for http://www.eurobilltracker.com

Powered By Blogger TM