.
.

NÚCLEO DURO

 

Pub

A política é a arte de fazer alianças. É só derreter os fios de ouro roubados...







Pub







segunda-feira, fevereiro 28, 2005

Vaneigem II

Face ao diagnóstico já descrito, Vaneigem propõe algumas linhas programáticas para "lançar as bases de uma sociedade humana". Como constatarão, as suas propostas são profundamente utópicas (aquela da abolição do dinheiro é fantástica!), o que não quer dizer que não concorde com muitas delas:

Criação de uma alocação de sobrevivência a qualquer indivíduo com mais de 18 anos, permitindo o livre exercício das actividades criativas;

El Cablogue poderá voltar a escrever para o ND sem sentir que a sua carreira académica está a ser prejudicada pelo provincianismo;

Financiamento, reparação, modernização e gratuidade dos serviços públicos, com prioridade para o ensino e saúde;

Tiberius deve apresentar-se na sala de imprensa do Benfica mostrando ostensivamente o seu cartão de sócio do FCP para as câmaras televisivas, enquanto grita "eu só quero ver Lisboa a arder, Lisboa a arder, Lisboa a arder";

Ajuda ao restauro das paisagens e das habitações;

Ajuda às colectividades locais encarregadas de intervir de modo criativo em prol das pessoas com dificuldades psicológicas ou materiais;

Concessão a DJ Carcaça de uma pensão vitalícia por "grandes serviços culturais prestados ao Estado português";

Ajuda à agricultura natural e ao controlo da qualidade dos produtos;

Vostradeis passará a usar um bigode de pontas retorcidas para cima, à maneira do seu inspirador Salvador Dalí. Continuando na sua senda narcisista, será uma espécie de "Emplastro" lisboeta, surgindo em todos os directos atrás das répóreres da SIC Notícias e da RTPN. Ficará famoso por isso;

Ajuda ao desenvolvimento das energias naturais não poluentes e gratuitas;

Zizou deverá fazer o pino em plena Avenida Lourenço Peixinho, enquanto canta: "Aveiro é só merda é só merda é só merda é só merda, de um lado é a ria, do outro lado é Cacia";

Ajuda à investigação científica liberta do domínio das máfias farmacêuticas e tecnológicas. Verificação do interesse exclusivamente humano das experiências realizadas;

Obrigatoriedade de Ernesto desempenhar funções como assessor de imagem do ex-ministro Paulo Portas durante cinco anos;

Abolição, num prazo mais ou menos longo, do dinheiro e do valor de troca, segundo métodos inspirados na experiência das colectividades catalãs de 1937, e levados ainda mais longe, graças aos meios e condições da nossa época;

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



 

banner for http://www.eurobilltracker.com

Powered By Blogger TM