sábado, março 05, 2005

Vaneigem 68

"A radicalidade de Maio de 68 assenta essencialmente na recusa do homem economizado e na consciência de que é possível outra vida, outra sociedade, outro mundo. Ela revelou que, abanando a escravatura do trabalho, surgia e erguia-se o homem do desejo, o homem do grande desejo de vida. Ela trouxe à luz o conflito que urdirá doravante todos os outros, a insurreição da sociedade que exalta a vida contra a sociedade mercantil."

Sem comentários: