.
.

NÚCLEO DURO

 

Pub

A política é a arte de fazer alianças. É só derreter os fios de ouro roubados...







Pub







quinta-feira, agosto 24, 2006

CASOS DA VIDA COMENTADOS PELO NÚCLEO

Indiano com dois pénis quer ser operado
Diário de Notícias, 20/08



"A natureza dotou-o com 2 pénis perfeitamente funcionais. Mas este cidadão indiano, de Nova Deli, com 24 anos, quer cortar um, alegando que o seu segundo sexo o impede de ter uma vida normal. E é sua intenção casar-se.
Por isso, deu entrada no hospital daquela cidade para se submeter a uma intervenção cirúrgica, informou ontem a imprensa local, citada pela France-Presse, sem especificar a identidade do indivíduo.
Trata-se de uma pessoa que sofre de duplicação peniana, ou diphallus - um problema de saúde que consta do catálogo de doenças raras. Regista-se apenas um caso em cada 5,5 milhões de homens.
Aquele cidadão indiano apresenta uma situação ainda mais rara, já que os dois pénis estão perfeitamente funcionais, quando, normalmente, apenas um se apresenta apto para cumprir as respectivas funções fisiológicas.
O primeiro caso de duplicação peniana foi documentado em 1609. (...) Dificilmente um bebé que nasça com diphallus resiste às infecções que entretanto atacam o organismo. Como tal, á muito raro encontrar um adulto com estas características anatómicas.
Esta rara doença não é exclusiva dos humanos. Está igualmente documentada noutros mamíferos, nomeadamente em porcos."




Comentário do Núcleo: Na india, há uma miríade de profissões que começaram a entrar em desuso no ocidente com a Revoloucao industrial. Pequenas oficinas, manufacturas artesanais,métodos ancestrais que prevalecem. Enquanto para os nossos lados se fala em aumentar a produtividade dos trabalhadores, ali essa questao nem se põe. Seria ridícula, intrusiva. Cada um faz o estritamente necessario para garantir a sobrevivência. O resto do tempo é dedicado à preguiça, à conversa e à oração. A organização do trabalho é, à sua maneira, solidária. Ninguém faz mais, porque fazer mais significa tirar o trabalho a outra pessoa. Todos têm direito à sua migalha, não há desempregados. O miúdo de 10 anos, para além de estudar (na melhor das
hipóteses) já tem o seu esquema de venda de amendoins na rua. A varredora limpa as frontarias das lojas e os comerciantes pagam-lhe. Os carregadores de madeira dos
crematorios de varanasi são recompensados pelas famílias dos defuntos. O homem com dois pénis funcionais manda cortar um deles, para ficar em condições de igualdade com todos os outros. Os proprios pedintes são profissionais respeitados, havendo quase a obrigação de os ajudar.
Comparando com a Índia, na europa o trabalha-se muito. O que um trabalhador europeu produz deve ser equivalente ao que 20 trabalhadores indianos fazem. E é também provável que o fodilhão europeu fodilhe mais do que o indiano, embora não haja um corpus de estudos científicos para substanciar essa matéria. De todo o modo, não me parece que os indianos sejam como os chineses; que queiram produzir mais. Esse conceito de produtividade é-lhes totalmente estranho.

2 Comments:

Anonymous zézé camarinha said...

não percebo por que é que a notícia se refere ao fenómeno como uma "doença".
para mim, seria uma benção. como é sabido, sou um homem bastante dotado, basta ver-me na minha "posição de engate" nas esplanadas da rocha, com a perna traçada e uma tanga de banho justa, para entrever isso... mas com dois seria ainda melhor.
já me estou a ver a aviar uma sueca e uma holandesa simultaneamente!
Fazem implantes de pénis?

23 agosto, 2006 22:52  
Anonymous Quim Barreiros said...

Cá para mim basta-me uma gaita. Não preciso ainda de um comprimido azul para ajudar a coisa a levantar, mas de toda a caixa de velocidades! É que já me custa a engatar a 1ª e depois cai em ponto morto. Já fui ao médico, mas ele diz que ainda não se faz esse tipo de transplante.

25 agosto, 2006 12:47  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



 

banner for http://www.eurobilltracker.com

Powered By Blogger TM