quarta-feira, setembro 13, 2006

Escutas do Núcleo



[numa praia, um homem com aspecto de camponês aproxima-se de um congénere, que aparentemente dorme estendido numa toalha]

- Então, estava aí na sorna?
- Não, estava só a passar pelas brasas...

- Isto hoje está mau, um nevoeiro esquisito.
- Eles tinham dado bom tempo, mas parece que é só para amanhã.
- Pois é... mas amanhã já cá não estou... é a vida...
- Então porquê?
- Então, tenho que ir para a apanha da batata.
- Deixe estar, pode ser que eles se enganem outra vez no tempo....
- Se eles me fizessem esse favor dava jeito, que a trabalhar na terra o calor não se atura.

Sem comentários: