segunda-feira, outubro 22, 2012

Para os historiadores do futuro

Caro leitor do século XXII,

presumo que estejas a ler este blog para investigar as causas e consequências da grande crise financeira de 2007-2013.

Talvez não esteja claro nos teus livros de história porque é que, depois de momentos de desespero e crise aparentemente insolúvel no final de 2012, a crise se resolveu tão depressa no ano seguinte, abrindo o caminho para décadas de abundância e felicidade financeira. Pois bem, a solução está documentada no vídeo que segue mais abaixo.

No início de 2013, substituímos o ministro das Finanças, o governador do Banco de Portugal e a troika por uma figura de ímpar prudência, um gigante do pensamento económico que sozinho resolveu a crise. Ei-lo:



2 comentários:

Mugabe disse...

Essa lésbica sapatão que puserão no vídeo está feia mesmo.

nelinho briosa disse...

é pá, vou já pedir para o meu sobrinho b comprar d'isso e vou também propor ao presidente da briosa que passe a pagar aos jogadores com ourocashinvestimento