quarta-feira, outubro 17, 2012

Uma breve história da Jugoslávia







*1945: Partizans tomam controlo de Belgrado, funda-se República da Jugoslávia. Toda a gente contente, menos os nazis. O que poderia correr mal?

*1980: Morre Tito. Durante uns anos não se passa mais nada.

*1989: Cai o muro, império soviético desagrega-se. Sérvios riem-se dos nabos dos russos, que vão ficando sem uma república atrás da outra.

*1991: Eslovénia e Croácia declaram independência.

*1991, um pouco depois: Macedónia declara independência.

*1992: Bósnia-Herzovina declara independência, celebrada com guerra e genocídio.

*2006: Montenegro, como aqueles adolescentes que só começam a fumar aos 19, perde a timidez e declara independência.

*2008: Kosovo declara independência.

*2014: Sérvia do Norte declara independência.

*2015: Sérvia do Sul declara independência. Antiga Jugoslávia fica reduzida a Belgrado e subúrbios.

*2021: Subúrbios e principais bairros de Belgrado declaram independência. A antiga Jugoslávia fica reduzida à câmara municipal de Belgrado.

*2024: Após violentos combates, a cafetaria e a cave declaram independência, seguidas por partes do segundo e do terceiro andar.

*2030: Movimentos secessionistas obtêm com sucesso a independência da tesouraria e das casas de banho. A antiga Jugoslávia fica reduzida a três gabinetes no quarto andar.

*2034: Apesar de a República Jugoslava do Gabinete A e da Sala de Conferências ter menos de 10 habitantes, a sua selecção de futebol consegue mesmo assim um empate em Lisboa frente à selecção portuguesa da vedeta Cristiano Ronaldo Jr.

2 comentários:

Nelinho Briosa disse...

é bem visto...

Chupodan Mangalhakic disse...

Longa vida à República Jugoslava do Gabinete A e da Sala de Conferências!