segunda-feira, novembro 10, 2008

Índex: as idades do homem

Indubitavelmente, uma das rubricas menos populares deste blog foi o Índex do Núcleo, onde se classificam coisas avulsamente. A pedido de rigorosamente nenhuma família, a rubrica é aqui ressuscitada.

Índex, como toda a gente sabe, especialmente os senhores da Porto Editora, significa "ponto de referência, deslocável, que indica a leitura a fazer numa escala de certos aparelhos ou instrumentos de medida". 

A escala é de 0 a 5. Hoje: idades do homem.

0:1 anos







As únicas actividades são comer, dormir e babar. Curiosamente, estas são também as únicas actividades do Zizou e do Ernesto, mas os bebés têm mais pinta.
Nota: 5


72 anos








Antigamente, um homem chegava aos 72 e era olhado como uma venerável fonte de sabedoria e experiência. Agora, [piada vagamente racista que foi liminarmente vetada pelo departamento censório do Núcleo].
Nota: 2

12-16 anos








Borbulhas. Acne. Lamentáveis pilosidades faciais. Obsessões por bandas deprimo-profundéticas do género Joy Division/ Doors/ Cure. Enfim, uma idade lamentável.
Nota: 1

34 anos









Um acima da idade de Cristo, vários acima de qualquer definição razoável de "jovem", ainda não bem "meia idade". Uma idade que não é carne nem é peixe. Coisa fraca - mas qualquer idade que o sr. Alex Del Piero se digne a usar durante um ano inteiro tem a sua dignidade.
Nota: 4

969 anos








Segundo a Bíblia é a idade a que chegou o Matusalém. Pode parecer muito bonito viver dez séculos, mas no fundo é uma treta; ao fim dos primeiros 400 anos, um gajo já viu os filmes bons todos.
Nota: 1

2 comentários:

zézé camarinha disse...

I'm 69 anus forever

Matusalém disse...

Respeito pelos meus cabelos brancos