.
.

NÚCLEO DURO

 

Pub

A política é a arte de fazer alianças. É só derreter os fios de ouro roubados...







Pub







segunda-feira, janeiro 29, 2007

'Expressura' informativa
Nasce uma nova rubrica



Deslumbrado com a capacidade do jornal Expresso em se apresentar como um saco cheio de papel - o que lhe valeu a alcunha de "Espesso" no tempo da Herman Enciclopédia - o ND resolveu criar esta nova rubrica, que vai trazer todas as semanas o melhor dos suplementos especiais que vêm com o semanário de referência. Os desta semana, foram:

- Dossiê Especial: Café e Chá, que abre com um texto intitulado "A Associação Industrial e Comercial do Café (AICC)", onde ficamos a saber ser o café um "elemento fundamental da hotelaria e restauração, isto é, do Canal Horeca". E sublinha: "Não existe restaurante, bar ou pastelaria que não sirva café"; Mais à frente, num artigo que aparece com o título "Chá q.b.", descobrimos que "o chá é uma bebida que revela e aprofunda a sensibilidade de quem serve/bebe";

- Dossiê Especial: Aluguer de Equipamentos - "Para situações de trabalho em terrenos de difícil deslocação para uma grua de tipo AT, com exigência de movimentação com carga guindada, ou ainda, movimentação da grua com a 'Lança de treliça' montada, estamos por via do referido exigindo a aplicação de uma grua de rastos ou grua de 'lagartas'";

- Mas a jóia da semana terá sido o Dossiê Especial: Sistemas de Informação Geográfica, onde além de um artigo apresentado com o atraente título "Os SIG'S PH acompanham a Cidadania na sua Universalidade e o potencial inovador e competitivo do QREN 2007-2013", somos brindados a seguir com um belíssimo texto da autoria de Gonçalo Magalhães Colaço, da ESRI Portugal, que se intitula "ESRI ARCGIS 9.2: A singular vantagem competitiva da verdadeira inteligência geográfica em tempo-real", e que começa assim: "A reduzida margem concedida ao erro é o grande drama da hora de extrema competitividade vivida na quotidianidade actual. É certo haver defendi(*) Popper o avanço do mundo em resultado de experiência e erro mas, neste incerto momento em que o erro chega a assumir proporções mais do que dramáticas, trágicas, talvez mais avisado seja perfilharmos o dito de Churchill segundo o qual 'só os estúpidos aprendem à própria custa, os inteligentes à custa alheia'. / Nietzshe(**), figura tutelar da pós-modernidade, admirável escritor, mui arguto psicólogo, embora não tanto como filósofo, não deixou porém de desferir um rude golpe ao positivismo, ao afirmar 'não haver factos mas apenas interpretação de'. O prestígio do positivismo ainda hoje nos domina, é certo, mas inquestionável é o acerto do nietzsheano(**) dito, retomado, aliás, pelo nosso Pessoa, tão pouco positivista como nietzsheano."

(*) - "haver defendi Popper", no original.
(**) - "Nietzshe" e "nietzsheano dito", no original.

Coméntário do ND: Lindo, uma pérola que só pode ter tido a maior aclamação entre os intelectuais do mercado dos sistemas de informação geográfica.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



 

banner for http://www.eurobilltracker.com

Powered By Blogger TM