.
.

NÚCLEO DURO

 

Pub

A política é a arte de fazer alianças. É só derreter os fios de ouro roubados...







Pub







quarta-feira, setembro 29, 2004

O João Paulo II é um autoritário de esquerda, eu sou um libertário de direita

O site do jornal de referência de que o Carcaça gosta muito adaptou o teste do Political Compass para uma versão portuguesa.

Alguma coisa se há-de perder na tradução. Nos dois testes, eu fico no quadrante Sul-Leste, o que quer dizer que eu sou de direita e libertário.

No teste à portuguesa eu estou quase no centro: as minhas coordenadas são (-3,+1), o que dá um bocado libertário e um bocadinho de direita.

Por comparação com os três candidatos ao PS, isso é muito à direita (esses acabaram todos no quadrante Sul-Oeste, o João Soares tão à esquerda que quase saía do monitor; o nosso DJ Carcaça nem num wide-screen devia aparecer o pontinho dele) e não particularmente libertário. Enfim, é um centrismo centrista.

Mas no teste original à inglesa, a coisa sai mais extremada: umas lindas coordenadas de (-6,2, +2,9), ou seja, muito libertário, um bocado à direita.

Ou seja, podem contar com o Tiberius para uma sociedade libertária em que anda tudo a ter sexo com toda a gente.

Os meus resultados no teste em inglês deixam-me equidistante do Ralph Nader e do John Kerry, perto do Tony Blair e do Paul Martin (é o primeiro-ministro do Canadá, oh ignorantes), e longe do João Paulo II (um autoritário de esquerda) e do Saddam Hussein (um extremista autoritário e extremista de esquerda).

Melhor ainda: fico exactamente no mesmo ponto que o Tchaikovsky. Música de orquestra contemporânea da Rússia, isso sou eu.

Só que as coisas complicam-se porque ainda fiz mais um teste do mesmo género.

Este tem na mesma as diferenças entre esquerda e direita, mas em vez de autoritarismo/libertarianismo, a oposição é pragmatismo/idealismo.

E adivinhem lá o que aconteceu? Pois, o vosso Tiberius é um pragmático com os pés bem assentes na terra. Mas, segundo este teste, também é um bocado para o esquerdalho.

Aqui, as coordenadas foram (-4,5, -1,4), um pouco à esquerda e bastante mais pragmático que idealista.


Tirando a média aos três testes (isso implica uns cálculos geométricos muito complicados, vocês com a vossa matemática de sétimo ano não chegam lá), hum, ora cá vai a bissetriz e a raíz do co-seno e noves fora nada, acabo com umas coordenadas por volta de (-4,6, +1,8).

O que é que eu aprendi com isto? Que sou ou de direita ou de esquerda ou as duas coisas; que sou libertário e pragmático; que esta merda destes testes me fizeram perder 15 minutos da minha vida.

Mal posso esperar pelos resultados dos testes de vocelências. Os meus palpites: o Carcaça deve dar uns (-56, -29), o nosso tiranete Vostra dá para aí uns (+45, +189), o Zizou cheira-me a (0,0).

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



 

banner for http://www.eurobilltracker.com

Powered By Blogger TM