.
.

NÚCLEO DURO

 

Pub

A política é a arte de fazer alianças. É só derreter os fios de ouro roubados...







Pub







segunda-feira, janeiro 30, 2006

ESCUTAS DO NÚCLEO Jantar Magno, parte 1: o derbe

(acta do jantar magno do Núcleo, durante o derbe de sábado)

(início do jogo)

Ernesto: Isto com o Moreto é outra coisa. O Moreto é grande. O Moreto é o melhor guarda-redes do país.

Tiberius: Tenho dois contos no betadine nos lampiões, se eles perderem fico contente, se empatarem fico contente, e se ganharem ganho dinheiro.

Ernesto: O Moreto tem mais dois metros de altura. É muito grande. É o melhor guarda redes da Europa.

Vostra: Andale andale olé España TVE!

Ernesto: O Moreto é belo. Que porte, que talento, que fotogenia. É o melhor

Tiberius: Já vos contei do meu sistema no Betadine? Quando isto acabar tenho de ir ver os resultados da taça da Arábia Saudita, e o sorteio do campeonato da Papua Nova Guiné, e ainda meti 500 paus no Makeveni Kinshasa para ir ganhar ao....

Ernesto: O Moreto é lindo. Defende bolas pelo ar, pelo chão, por todo o lado. E já viram como é belo? E grande?

Vostra: Olé el Tiberius, voy a postar una posta sobre el Jarhead que até la mona te anda de rueda! Viva la revolucion!

Ernesto: O Moreto é tão belo que quando está a cortar cebolas não chora; as cebolas é que choram de emoção de estar a ser cortadas por ele.

(1-0 lampiões)

Ernesto: O Moreto faz toda a diferença. Esta equipa com o Moreto é outra coisa.

Tiberius: Arrrrgh! Onde é que aquilo é penalti???? Lampos miseráveis! Estou a ser roubado!!!

Vostra: Pero tu no apostaste en los lampos para ganar? Olé!

Tiberius: Não interessa! Estou a ser roubado!

Ernesto: O Moreto é enorme. Quando o Moreto nasceu, a parteira disse "porra, este é o Moreto", e teve sexo com ele; foi a oitava gaja que o Moreto já tinha papado nessa altura.

(ataque dos Lagartos, Moreto falha um cruzamento, anda a fazer malabarismos com a bola, quase faz autogolo)

Ernesto: Este Moreto, que segurança, que coisa linda, que coisa brilhante! O Moreto consegue andar sobre a água e curar os doentes. Se aqui estivesse, era capaz de transformar esta água em vinho.

(intervalo. Chega Cablogue)

Cablogue: Vinha a ouvir o jogo na rádio ao mesmo tempo na TSF, na Renascença, na Rádio Paris Lisboa e na Voz da América, e eles dizem todos que o primeiro penalti foi mas o outro não é e segundo a Rádio Mongólia nós é que estamos a jogar bem.

Ernesto: O Moreto é tão bom que uma vez estava a jogar ténis contra a parede, e ganhou.

(lagartos empatam)

Zizou (via SMS): Sai uma chamuça para a mesa 8.

Ernesto: O Moreto não podia fazer nada. Ele já está a fazer tudo. Que músculos, que facies.

Carcaça (tomando notas): Essa foi boa, vai para as escutas do Núcleo.

Ernesto: O Moreto tem um pénis de 58 centímetros. Se eu fosse gay, queria ter sexo com o Moreto.

Tiberius: Como assim, "se eu fosse"?....

Ernesto: O Moreto não só é belo, é inteligente. O Moreto consegue dividir por zero.

(lagartos marcam 2-1)

Zizou (via SMS): Hi hi hi.

Ernesto: O Moreto quando faz flexões não está a levantar o corpo, está a empurrar a Terra para baixo.


(Marcel entra em campo. Todos se riem menos o Ernesto)


Ernesto: O Moreto é tão poderoso que uma vez roubou a letra F do dicionário. Por isso é que ainda há letreiros que dizem "Pharmácia".


(lagartos fazem 3-1)


Cablogue: O Louçã é o Cavaco de esquerda.

Carcaça (tomando notas): Essa foi boa, vai para as escutas do Núcleo.

Ernesto: O Moreto consegue resolver o cubo mágico só com uma jogada. O Moreto consegue ver o 60 minutes em 20 minutos. O Moreto consegue perceber os livros do Saramago. O Moreto tinha ganho ao Cavaco se se candidatasse pela esquerda.

Cablogue (risos imparáveis): Esta é a melhor noite da minha vida: vou comer à pato e fomos ganhar 3-1 aos lampiões!

Ernesto: O Moreto é tão majestoso que consegue ganhar ao Monopólio tendo só as estações de comboio.

Carcaça: Eh pá diz aqui na conta que nós comemos três pratos de camarão, mas eu cá só vi dois e meio. Não pago!


(Indivíduo celerado que não conhecemos de lado nenhum tenta entrar no jantar à força)



Indivíduo celerado: Eh! Eh! É aqui quer servem sopa de peixe com leite de mamas?

Ernesto: Essa sopa é óptima. Podia ter sido inventada pelo Moreto.


(fim do jogo. 1-3)


Ernesto: Foda-se, esta merda do Moreto não consegue apanhar uma bola.

Carcaça (tomando notas): Essa foi boa, vai para as escutas do Núcleo.

Etiquetas:

Isto é o Portugal que temos

Esta história é verídica e aconteceu-me há alguns dias. Conto-a agora porque não tinha mais nada para fazer durante a tarde.

Cerca das 10 da manhã, estava eu a beber um café e a ler jornais de borla num estabelecimento no centro de Leiria quando um carro pára, sobre o passeio, junto a uma cabine de telefone com moedas, saindo um indivíduo com um alicate e uma chave de fendas.
Como o carro tinha matrícula espanhola e não apresentava qualquer identificação da PT estranhei o caso e alertei a dona do estabelecimento. A senhora concordou comigo que a situação era estranha e decidimos ligar para a PT, alertando a empresa de um eventual assalto.

Telefonei para o 16200 e atendeu-me uma senhora simpática que me perguntou o que é que eu queria. Expus a situação e respondeu-me um silêncio de 20 segundos que interrompi, perguntando "está ainda alguém?". Respondeu-me a mesma voz simpática, alegando que iria passar para outro departamento. "É normal", pensei eu.
Qual não foi o meu espanto que quatro departamentos depois, sempre com vozes simpáticas do outro lado do telefone, cheguei a falar com um supervisor. "É desta", pensei, enquanto assistia ao suspeito a abrir com a chave a caixa das moedas.
Outra voz simpática, desta vez masculina, pediu-me para indicar a cabine o que eu fiz. "É aquela junto ao Posto de Turismo. Se calhar basta vocês avisarem a PSP ou então ligarem para os vossos serviços de avarias para saber se foi enviado algum carro", aduzi.
Mas a voz simpática retorquiu-me que precisava de saber o número da cabine e isso só poderia ser visto no próprio equipamento. Eu disse que não podia lá ir porque estava lá o tipo, com barba por fazer e aspecto meliante, e não estava com vontade de receber algum sopapo por "amor à pátria".
Agora, a voz simpática mostrou-se um pouco triste e disse-me que nada podia fazer sem o número da cabine, pelo que eu deveria avisar as autoridades.
Já cansado mas rindo de tudo isto, perguntei à voz se eles não podiam avisar a PSP do caso. A voz respondeu-me com uma La Palissada: "Se é o senhor a ver um crime, tem de ser o senhor a denunciar, não acha?"
Eu achei, agradeci e desliguei. Depois liguei para a PSP e, enquanto via o homem a entrar dentro do carro com um saco cheio de moedas, avisei o agente que tinham acabado de assaltar a cabine de telefone do posto de turismo.
O senhor agente agradeceu-me e eu deixei o café. Passado 45 (quarenta e cinco) minutos, telefonou-me a dona do café, pedindo para eu ir falar com o agente que tinha acabado de chegar. Eu aleguei que estava em Santarém e o senhor agente, com voz grossa e simpática, pegou no telefone e disse-me que eu tinha de me apresentar OBRIGATORIAMENTE no posto para relatar o sucedido, de modo a que constasse em auto.

Ainda não sei se vou...

PS: Descobri hoje que o 16200 é a pagar a partir de telemóveis. Estou a ver que também fui "assaltado" juntamente com a cabine telefónica.


domingo, janeiro 29, 2006

CASOS DA VIDA COMENTADOS PELO NÚCLEO


Empresa de limpeza que destruiu escultura chegou a acordo com artista




A empresa de limpeza responsável pelo desaparecimento, em Dezembro de 2004, de parte da escultura As Frases, de Jimmie Durham, exposta na altura no Centro de Artes e Espectáculos (CAE) da Figueira da Foz, chegou finalmente a acordo com o escultor norte-americano e vai financiar a reconstrução da obra.
O incidente ocorreu há cerca de um ano quando o CAE recebeu a exposição de arte contemporânea intitulada Eu, tu, eles, que reunia peças de artistas nacionais e estrangeiros da colecção do Instituto das Artes (IA). A obra de Durham, que integrava a exposição, era constituída por um lavatório com um dos cantos partidos e com fragmentos espalhados pelo chão da sala de exposições.
De acordo com o inquérito realizado na altura, os fragmentos terão sido varridos por uma funcionária da FigueiraLimpe e posteriormente deitados ao lixo.

"Vi os cacos no chão. Perguntei a uma colega se eram para deitar fora. Ela disse-me que sim e eu limitei-me a pegar na pá e na vassoura e a deitar tudo no contentor", revelou a funcionária.

A empresa de limpeza assumiu então a responsabilidade pelo incidente e participou à companhia de seguros, que no entanto rejeitou sempre assumir os encargos. (...) O acordo agora alcançado atribui à empresa da Figueira da Foz a responsabilidade de financiar a construção de uma nova peça que, segundo a vontade do escultor, deverá ser idêntica à destruída em Dezembro de 2004.

Gafes idênticas executadas em Londres e na Alemanha

Em Junho, o empregado de limpeza da galeria de arte londrina Tate Britain também foi protagonista de uma "estória" semelhante. Confundindo com lixo um saco de plástico com cartão e papel amarrotado que fazia parte da instalação "Recreation of First Public Demonstration of Auto-Destructive Art", actualização do original do artista plástico alemão Gustav Metzger (1926) incluída na mostra "Art and the 60s - This Was Tomorrow", o funcionário deitou-o fora, mas foi recuperado antes de ser destruído. Nos anos 80, numa galeria alemã, uma banheira suja, parte de uma instalação de Joseph Beuys foi esfregada até à exaustão. Em 2001, na Eyestorm Gallery (Londres), foi para o lixo uma instalação de Damien Hirst composta por cinzeiros sujos e garrafas vazias.


Comentário: Este caso remete-nos para a questão da significância da arte contemporânea. Terá a empregada que varreu os detritos do chão alguma culpa no cartório? Não. A empregada limitou-se a fazer o que qualquer um de nós faria se visse pedaços de um lavatório na sua sala. Achou que aquilo estava ali mal e varreu. O seu julgamento estético é tão válido como o do escultor, mas provavelmente ela foi despedida e o artista vai agora ser indemnizado para voltar a partir outro lavatório. É injusto. Precisamos de ter em conta que, considerando a escola do "new criticism", o autor é uma entidade inexistente. Nenhum Homem pode, por isso, considerar-se dono de um lavatório partido aos bocados.

Fontes: André Jegundo, Público(19/01/06); Paulo Dâmaso, Jornal de Notícias


sexta-feira, janeiro 27, 2006

Querem mais uma aposta noutras eleições? Podem ser as da Guatemala.

Crónicas ao relento

Esta semana estive escalado para fazer relatos de jogos de futebol da selecção sub-21 no torneio do Vale do Tejo. É giro fazer jogos de futebol quando não se percebe nada daquilo que se está a ver. Mas como os putativos especialistas dos desportivos também não pescam nada, não há problema nenhum.

Todos os jornalistas só tinham olhos para as diabruras do Quaresma que lutava para impressionar os olheiros do Manchester, do Legia de Varsóvia e do Brondby, qualquer um dos clubes com legítimas aspirações para conquistar o coração daquele cigano vagabundo do ataque português e de um clube do norte que gerou o novo Cisma (depois dos do Oriente e do Ocidente, é a vez dos galegos) ao eleger um Papa não italiano e sem a aprovação da cúria do Vaticano. Apenas com o apoio do D. Januário Torgal Ferreira e do D. Eurico Dias Nogueira.

Para mim na selecção ficou-me somente o travo amargo da constatação que as semelhanças entre o Drogba e o Varela reduzem-se apenas à espessura capilar.
Além disso, da selecção de todos nós sobrou apenas as azelhices do podão (é assim que se escreve?!) do Hugo Almeida, um armário de três portas com mais jeito para guardar camisas do que para jogar com a bola. Imensamente lento e imensamente fraco de pés, salvou-se a cabeça do homem que até pode vir a ser o ponta-de-lança da selecção nacional depois do fracasso da ex-futura promessa Postiga e da falta de vontade em naturalizar o Derlei, o Liedson, o Gaucho ou o Fábio Felício.

Não. O que me ficou na retina e guardarei na memória durante muitos e longos anos é a qualidade estética da selecção da Geórgia, que apesar de ter ficado em quarto lugar revelou pormenores de belas-artes. Eles só têm 17 e 18 anos pelo que o futuro poderá reservar muitas surpresas em relação a alguns dos astros da equipa do Cáucaso, um Camarões em potência se a poluição radioactiva do Mar Aral não fizer mais vítimas.

Desde já destaco Chelidze, o grande extremo que pôs a cabeça em água (e o resto do corpo, da forma como ele suou) de José Gonçalves (outro Ricardo Rocha em potência mas em preto, que ganhou lugar naquele espaço táctico entre a posição de defesa-central e de defesa-esquerdo, permitindo-se a ser ultrapassado pelos dois lados).
Mas além desse, temos o camisa 10 Tsinamdzgvrishvili e a referência última que é Khumarashvili. Nomes grandes que vamos todos ouvir falar muitas vezes.
Para memória futura, junto segue a equipa da Geórgia que o firmamento do futebol aguarda ansiosamente: Tevdorazde, Mchedlishvili, Gvadzabia, Khidesheli, Elbankidze (Tomashvili, 67), Makharadze, Ganugrava (Chimakadze, 75), Chelidze, Chirikashvili, Bzhalava (Kakhelishvili, 43) e Gotsiridze (Tsinamdzgvrishvili, 80).

Agora, espero que os leitores do nosso prestigiado blogue digam alto e em bom som o nome destas estrelas do amanhã.

Sem se engasgarem


Boa Sorte.

PS: O treinador chama-se Zhorzhikashvili, essa velha raposa dos separatistas chechenos, que luta ainda pela Grande Geórgia, herdeira do império sassânida.

Sanduíche-iche



Eis o que acontece quando se usa mais o auricular do que os miolos. Entrevistada pela Rede Globo, a nutricionista nordestina Ruth Lemos quis valer-se de todos os meios técnicos disponíveis que permitissem um discurso claro e fluido em televisão... não contava era com o eco. Uma pérola!!!

JRS é do Núcleo e não sabe

Caros amigos, com a devida vénia a Pedro Mexia (é verdade, há muito tempo que não falávamos dele), que chamou a atenção para o assunto, transcrevemos um excerto do último livro de José Rodrigues dos Santos.

Novamente, no entanto, discordamos com o crítico literário. Mexia considera o texto "foleiro". O ND considera o texto... eficaz. Mexia não gosta de expressões como "enquanto ele a mamava". Nós gostamos. Mexia não gosta de mamas tipo "chupeta". Nós gostamos. Mexia não acredita em "erecções gigantescas". Nós temos. Mexia não gosta de sexo entre professor e aluna. Nós sonhamos 78 vezes por ano com isso (sobretudo se a aluna for sueca, como é o caso).

A palavra ao génio JRS:

- Quando um dia for casada e tiver um filho, vou fazer uma sopa de peixe com o leite das minhas mamas.?

Tomás quase se engasgou com a sopa.

- ?Como??

-?Quero fazer uma sopa de peixe com o leite das minhas mamas?, repetiu ela, como se dissesse a coisa mais natural do mundo. Colocou a mão no seio esquerdo e espremeu-o de modo tal que o mamilo espreitou pela borda do decote. ?Gostava de provar??

Tomás sentiu uma erecção gigantesca a formar-se-lhe nas calças. Incapaz de proferir uma palavra e com a garganta subitamente seca, fez que sim com a cabeça. Lena tirou todo o seio esquerdo para fora do decote de seda azul; era lácteo como a sopa, com um largo mamilo rosa-claro e a ponta arrebitada como uma chupeta.

A sueca ergueu-se e aproximou-se do professor; em pé ao lado dele, encostou-lhe o seio à boca.Tomás não resistiu.Abraçou-a pela cintura e começou a chupar-lhe o mamilo saliente; o seio era quente e macio, tão imenso que afundou nele a cara. Encheu as palmas das mãos com os dois seios e apertou-os como se fossem almofadas, numa pulsão de luxúria, queria-os sentir fofos e gostosos. Enquanto ele a mamava (...).


quinta-feira, janeiro 26, 2006

Baixas partes

O Vostra cadáver

Esclarecimento importante: apesar de o Vostra, cujo péssimo gosto em filmes já foi demonstrado (será preciso recordar o lamentável episódio do Fiel Monte de Bosta?), recomendar a Noiva Cadáver, o filme não é mau.

Segundo esclarecimento (e cedo a palavra ao eminente Prof Alcides Graça):

Prof. Alcides Graça: "O nosso amigo Vostradeis incorre num erro frequente ao masculinizar o termo "personagens". Embora os nossos irmãos brasileiros, cuja versão do português é nobre e respeitável, empreguem a palavra "personagem" no género masculino, em português de Portugal o uso correcto é "a personagem" e "as personagens". É particularmente importante para os estrangeiros como o amigo Vostradeis fazer um esforço por manter um português correcto."

Terceiro esclarecimento: o Vostra ignora (deliberadamente?) que a Noiva Cadáver se distingue por ser a estreia cinematográfica de um certo indivíduo:





Como sempre ao serviço do grande capital, Vostra procura ocultar a verdade, mas ela é obvia: a cavacal figura não dá grande coisa como actor, mesmo em formato travesti:




PS: Tenho ainda para transcrever umas escutas do Núcleo com as frustrações do Ernesto ("ando meio emperrado") e com o apelo às confirmações para o Grande Jantar Magno do Núcleo. Agora não tenho pachorra, mas ide entretanto confirmando a presença no jantar porra.

Alta Arte
A Noiva Cadáver



Merece figurar entre os melhores filmes do género dos últimos tempos (e olhem que se tem visto muito bons). A Noiva Cadáver tem uma história engraçada, uns personagens caricatos, um cuidado extremo com o pormenor (um cavalo até mexe a orelha como os cavalos de verdade...) e, em comparação com outros fimes animação de Tim Burton, uma grande virtude: quando descamba para o musical, não é forçado nem chato, como acontecia, por exemplo com "Pesadelo Antes do Natal" (ou lá como é que o traduziram...)


quarta-feira, janeiro 25, 2006

Poesia Nuclear (Homage to Vostradeis)

Numa altura em que corre o rumor de que Vostradeis se prepara para retornar brevemente à pátria (de onde tinha fugido na sequência de uma perseguição feroz da Polícia Judiciária, que o acusa de gerontofilia), beneficiando do primeiro indulto presidencial de Cavaco Silva, a sexão de poesia e escrita criativa do Núcleo deixa aqui uma sentida homenagem a esse vulto multifacetado que é Vostra. Um poema que ele recentemente escreveu no seu exílio madrileno em nossa homenagem. Fiquem-se com esta fulguração de Vostradeis:

Poesia nuclear

Cagaréu do catanho
Deviam mandar-te pruma ilha
Cheiras a bosta e a ranho
Vai mas é lavar a tua filha

Faz como o Ernesto paizão
Não como o Marrazes brutalhaço
Usa toalhitas e algodão
Não vassoura e palha de aço

Carcaça seu monte de esterco
Quando é que começas a espalhar franchises
És tu e esse grande estrumerco
Que se chama Tiberius Rabetaises

Mas deixêmo-nos de lamechisses [sic]
Que o Núcleo é coisa de macho
Vão mas é mamar uns gandas pisses
Como o meu que chega até la embaixo

E quando se cansarem de ser paneleiros
Bora todos ao mítico Restaurante Cona
Gastar com um sorriso os nossos dinheiros
E encher de merda a pança e a mona


terça-feira, janeiro 24, 2006

Escutas do Núcleo - Jantar Magno

Realiza-se neste fim-de-semana uma reunião magna que agregará as mais prestigiadas figuras dos mundos da alta finança e alta política. Não, não é esta paneleirice: é o Jantar Magno do Núcleo. As negociações dos termos do jantar estão contudo a ser difíceis, como as escutas da PGR aqui reveladas em primeira mão permitem ver.

Em todo o caso, já foi decidido por unanimidade que se este indivíduo...







...tentar entrar no jantar, será imediatamente expulso pela segurança


Vostra: Saiam da frente. Desobstruam a passagem, olé. El Cid de Las Ventas, está a caminho com a sua colecção de orelhas, olé. Jantarada, olé. Estoy llegando de España, andale andale andale. Olé!

Zizou: E que tal fazer antes uma almoçarada?

Ernesto: Daqui a uns anos a gaja caga para ti, monta-se na Honda VFR do namorado e nunca te irá agradecer as noites em branco e o cocó mal cheiroso.

Zizou: Vamos todos para o McDonald's de Alverca.

Tiberius: E o Lampos-Lagartos, hã, hã? Eu tenho dinheiro nessa merda no Betadine!

Zizou: a questão é que um homem aburguesado como eu, quando chega a um determinado ponto da sua vida passa a ter "compromissos". e eu tenho um "compromisso" para sábado à noite.

Vostra: Tá bem, não precisas pagar o do Cablongue. Tá bem assim? Anda lá, caralho!

Ernesto: Eu proponho jantar num restaurante goês excelente, junto ao Martim Moniz.

Tiberius: Ainda ontem meti 500 paus que o Leiria ia ganhar 2-0 ao Belém, chega aquilo 2-0 ao intervalo e os cabrões do Belém marcam dois! Cabrãozola do Couceiro, esse gajo só existe para me lixar a vida.

Zizou: Eu proponho um jantar no restaurante carramona, ao lado do meu apartamento!

Ernesto: És uma Maria Amélia do caralho. Vai para o caralho mais a tua ordem cronológica. O ND chegou há 12 anos, minutos antes de uma aula do [censurado], no dia 25 de Setembro, pelas 9h00, na sala 12, da [censurada].

Tiberius: E o Lampos-Lagartos? É às 19h45! Eu tenho dinheiro no Betadine!

Ernesto: Pronto, oh caralho, diz tu onde queres ver a bola! Que putas do caralho, foda-se!

Zizou: vai apanhar na peidola! foda-se, façam lá o jantar sem mim, desta vez não dá para ir. encham-se de chamuças e caril por mim, cambada de putas velhas e malcheirosas!

Tiberius: Alguém sabe como é que ficou o Partizan de Tirana-Pakhator Tashkent? Tinha 400 paus no Pakhator apostados no Betadine!

Ernesto: Vai apanhar na pedia [sic]!

Zizou: ó monte de estrume, sabes que eu sou um gajo susceptível e depois de teres dito qq coisa como "pró caralho com o zizou", então é que não vou nem a jantar nem a almoço.

Ernesto: Toma lá, oh susceptível:

PRÓ CARALHO COM O ZIZOU!

A que horas é mesmo o jogo?

Tiberius: Mete as desculpas para não ir no olho do cu! E já agora: enfia um pirilau gordo nesse rabo peidorrento, se ainda couber lá alguma coisa! Mete essa cabeça malcheirosa numa cloaca! Vai sentar-te num poste de electricidade! Chucha na verga dum elefante com cio!

Zizou: cruéis do caralho! o benfica havia de perder 7-1, ó repórter dos bairros de lata!

Tiberius: Não posso escrever mais nada agora que estou à espera do resultado do Legia de Varsóvia-Jubilant Kawasawa para a Taça Amizade Kim il-Sung. Se ficar 4-4 eu ganho 800 paus no Betadine.

Ernesto: Então onde é que se JANTA, porra? Conheço ali um bar na Cova da Moura que é mesmo ideal.

Vostra: Desayuno, andale andale, olé, Speedy Gonzalez, baloncesto, Zapatero, tapas, olé!

Carcaça: O quê?... Fiquei em último no jogo das presidenciais?

Zizou: E estás-te a habilitar a levar com esta mensagem 10 vezes seguidas

Tiberius: Hmmm... Spartak Trnava vs. Al Gharafa... O Betadine paga mais se eu apostar no Trnava... Mas o Al Gharafa não era aquele clube do Qatar treinado pelo Raúl Águas?...

Cablogue: Vocês cabrões entendam-se, desde que me paguem o jantar.

Etiquetas:


segunda-feira, janeiro 23, 2006









Mensagem do departamento de jogos do Núcleo

A MERDA DOS RESULTADOS É FINAL E NÃO HÁ DISCUSSÕES E AGORA TEM TODA A GENTE DE PAGAR UM JANTAR AO CABLOGUE E ACABOU-SE.



PS: Zizou, vai mamar.

Resultados oficiais após correcções

Tiberius, presidente do Departamento de Jogos do ND, vais receber um pedido de impugnação dos resultados do Grande Jogo das Presidenciais. O artigo 54 dos estatutos diz claramente que «os apostadores derrotados podem recorrer à impugnação porque sim». Por outro lado, cheira-me a marosca, tudo isto foi viciado: Cablongue e Vostra são militantes do PSD e cavaquistas desde o berço e penso até que faziam parte da comissão de honra do Cavaco; por fazerem parte desses círculos de poder, possuíam informações vedadas aos outros... Por outro lado ainda, eu fui o primeiro a fazer o palpite, o que significa que tenho um bónus de 25 pontos. Portanto, bem vistas as coisas, sou eu o vencedor. O jantar fica marcado para o MacDonalds de Alverca, no próximo domingo, às 20 horas.


domingo, janeiro 22, 2006














Grande jogo das presidenciais do Núcleo - os resultados!

Essa mariquice das presidenciais já acabou, e isso não interessa nada. O que interessa: quem ganhou o Glorioso e Grande Jogo das Presidenciais do Núcleo!!!!

Demasiado entretido nas suas leituras das obras completas de Hegel comentadas por Manuel João Vieira, o nosso filósofo-rei Carcaça ignorou olimpicamente a campanha eleitoral. Por isso não surpreende que os seus palpites tenham sido mais influenciados pelo vinho do Dão que pela realidade. Carcaça fica em ÚLTIMO LUGAR, com 142,31 pontos negativos. Buuuuh! Muito fraco!!!!!

No penúltimo lugar, e ainda a tentar descobrir onde fica o "on" da sua máquina de calcular: Ernesto. Impossibilitado de assumir a táctica do costume e copiar pelo teste de Vostra, o pobre Ernesto registou uns miseráveis 40,43 pontos negativos.















Segundo dados oficiais do Stape, e ainda dependente do boicote à votação na freguesia do Pinhão, o quarto lugar é para Zizou. 22,43 pontos negativos. Mal, muito mal! Note-se que 22,43 negativos é também o tamanho em milímetros da pilinha de Zizou.















Medalha de bronze: Tiberius. Ainda pensei em falsificar os resultados, mas o Excel não me deixa mentir. 17,05 pontos negativos. Oh seus eleitores estúpidos com cabeça de merda, não podiam ter votado menos no Alegre, não?!?!?!?!















E agora, emoção final: foram naturalmente os dois cavaquistas encartados do Núcleo a partilhar os dois primeiros lugares, qual estará mais sintonizado com esse buraco chulezento que é a alma do eleitorado português, quem é?...

Prof. Cavaco, algum palpite?















(miam, hmm) Agora não, ainda estou a comer bolo-rei.


E a primeira dama de honor, que substituirá a miss Presidenciais do Núcleo é... Com 16,03 pontos negativos... VOSTRA!!!!

Pois é, apesar da colaboração da CIA e dos mais avançados serviços de computação das multinacionais que serve qual cão-de-fila rebarbativo, Vostra não soube utilizar os dados dos serviços secretos espanhóis e falhou redondamente.















E assim, por aclamação... Presidente Cavaqueza, quer anunciar agora o nosso vencedor?
















Vencedor das eleições e potencial messias e salvador desta merda até que os dois milhões e setecentos mil gajos que votaram nele acordem um dia destes e se apercebam "foda-se, eu votei no Cavaco? No Cavaco?":

Ganhou o Cablogue! O Cablogue?!?!?

É verdade. Com a sua sabedoria popular afiada, Cablogue falhou a percentagem de Garcia Pereira por milímetros.

Cablogue é o grande vencedor do Grande Jogo das Presidenciais do Núcleo.















O que abre uma nova questão: e agora que limite é que a gente põe à despesa do gajo no jantar de prémio? Quanto é que a gente paga para o Cablogue encher a cara? Vamos todos ter de ir um empréstimo ao Totta! Oh sôr Presidente, como primeiro acto oficial não quer sugerir aí um limite à despesa do Cablogue?















Levem-no a um restaurante barateiro lá para o Pulo-do-Lobo e paguem-lhe a comida, mas bebidas tem de ser à parte.


sexta-feira, janeiro 20, 2006



Anúncio: posts com bolinha

Isto está-me a cheirar que ou no fim-de-semana ou na segunda-feira isto vai encher de posts a dar para o sério, cheio de criptoanálises dos resultados das eleições. Assim daqueles com links para os blogs a sério, ou com citações de gajos franceses.

Eu próprio já sinto assim uma comichão nos dedos para mandar bitaites do género "os indecisos são uns trolarós". Há que prevenir, ou então remediar, este potencial descambar aqui da loja.

Para poupar os 99 por cento de leitores que vêm cá parar à procura de gajas nuas, os posts com pretensões político-tácticas devem ser claramente sinalizados com uma bolinha vermelha no canto superior direito. É que também há crianças a ler o Núcleo.

PS: Esclarecimento adicional da direcção de programas do Núcleo: os posts do Zizou devem vir com bolinha cor-de-rosa.

PS2: Esclarecimento adicional ao esclarecimento adicional da direcção de programas do Núcleo: os posts do Vostra têm automaticamente bolinha preta, naquela escala dos filmes de bolinha a *****.

Nintendo: Esclarecimento adicional ao esclarecimento adicional ao esclarecimento adicional da direcção de programas do Núcleo: os posts do Ernesto devem incluir uma bolinha suficientemente grande para tapar o texto todo.

Constatação

As audiências do Núcleo estão em queda acelerada. A queda parece ter coincidido com a predominância de imagens de um certo indivíduo:
















Haverá alguma lição importante sobre os resultados das eleições neste facto?

Ou dar-se-á apenas o caso de os leitores do Núcleo preferirem isto...


































...a isto?

















Talvez seja altura de o Vostra republicar a sua listinha. Por enquanto, dou o meu contributo, numa homenagem à publicidade portuguesa dos anos 80, quando o país ainda era menos esclarecido em termos da dialéctica de igualdade de género:

Escutas do Núcleo

"Declaração solene: Eu, Amílcar Fernandes Bispo, após cuidada e ponderada reflexão, decidi candidatar-me à presidência da república independentemente dos partidos, pois penso que os operários e os camponeses não estão representados por esses partidos."

[Primeiras eleições presidenciais depois de 74 (1976). O candidato Amílcar não reuniu as assinaturas necessárias.]

Etiquetas:


quarta-feira, janeiro 18, 2006

Escutas do Núcleo



"Esse malandro chumbou-me por faltas no quarto ano, pu-lo no Verão a vergar a mola numa courela."

"É preciso ver que o meu filho é um catedrático, não é um veterinário qualquer."

[Teodoro Silva, pai de Cavaco Silva, em declarações antigas e recentes à comunicação social]

Etiquetas:


terça-feira, janeiro 17, 2006

Escutas do Núcleo - "Os blogues são a casa de banho"

[Conversa entre duas jornalistas no ambiente informal de um bar do Bairro Alto]

- Vê lá que a f escreveu lá no blogue dela que tem uma atracção irremediável pelos homens bonitos e que já teve muitas desilusões por olhar mais para o aspecto do que para o conteúdo. Diz que fez o debochómetro e que mudou a opinião sobre si própria. Se calhar por isso é que gosta do s.

- É o que eu digo: os blogues são muito bons e tal e coisa... mas também são a casa de banho.

Etiquetas:



Carta aberta ao Núcleo do candidato Cavaco Silva:

Ouçam, eu até acho piada ao vosso blog, aquele Vostra tem imensa graça e a minha Maria é prima afastada da cunhada do cabeleireiro do Zizou. E pronto, aquela foto com a boca aberta tem graça, eu até me ri quando vocês a puseram da primeira vez, e depois a foto a cores, ha ha ha. Mas não acham que já estão a exagerar, agora que já meteram a foto umas 157 vezes? As pessoas assim ainda acham que vocês são soaristas. Era engraçado à primeira, era engraçado à segundo, mas não acham que já começa a cansar?

Resposta do Núcleo:

Não.

Grande Jogo das Presidenciais do Núcleo

Graças aos esforços incansáveis do agente "Rui Cunha", todos os palpites estão finalmente disponíveis. Recorrendo às tecnologias mais avançadas, todos os palpites foram colocados num ficheiro de Excel, prestes para a contabilidade final.

Fontes anónimas (foi o Zizou) avançam que, preocupado com a hipótese de ter de pagar o jantar a outro dos durões, Carcaça já anda em campanha pelo distrito de Coimbra a tentar persuadir homens, mulheres e canídeos a votar Garcia Pereira. Ernesto está tão convencido da vitória que já propôs o Tavares Rico como local do repasto. Os palpites:

ERNESTO

Cavaco 50
Soares 30
Alegre 5
Jerónimo 5
Louçã 5
Garcia Pereira 5


CARCAÇA

Cavaco 2,1
Soares 4,9
Alegre 7
Jerónimo 12,1
Louçã 33,4
Garcia Pereira 39,5



ZIZOU

Cavaco 52,1
Soares 23,3
Alegre 12
Jerónimo 6,1
Louçã 4,8
Garcia Pereira 0,2

TIBERIUS

Cavaco 54,3
Soares 18,1
Alegre 12,6
Jerónimo 8
Louçã 4,8
Garcia Pereira 0,8

CABLOGUE

Cavaco 56,4
Soares 13,1
Alegre 17,1
Jerónimo 6,9
Louçã 5,9
Garcia Pereira 0,6

VOSTRA

Cavaco 51,1
Soares 19,6
Alegre 11,8
Jerónimo 8,5
Louçã 6,1
Garcia Pereira 0,9


Reacção do Candidato Que Vai à Frente e se Deus Quiser Há-de Ganhar que Isto o Que Está a Precisar é de Outro Salazar:



O quê? O Vostra só me dá 51,1 por cento?


segunda-feira, janeiro 16, 2006

Ernesto entra no Grande Jogo das Presidenciais

Entretido a fazer reportagens no país real, Ernesto comunicou-me por telefone o seu prognóstico para dia 22 e pediu-me para os apresentar aqui:

Mário Soares - 50%
Cavaco Silva - 30%
Manuel Alegre - 20%
Jerónimo de Sousa - 20%
Francisco Louçã - 10%
Garcia Pereira - 5%

- Isso dá 135% -, objectei eu. - Tenta outra vez, tu consegues, vá - incentivei.
- É pá, eu quero é ir prá Cova da Moura fazer reportagens com os imigrantes...
- Não custa nada, anda lá. Eu dou uma ajuda a fazer as contas, tá bem?
- Prometes?
- Prometo.
- Então é assim: Soares 50%, Cavaco 30%...
- Já vai em 80%.
- Faltam quantos para os 100?
- 20.
- Então são 5% para cada um dos outros quatro candidatos. Ok?
- Ok.

Grande Jogo das Presidenciais - o Palpite do Carcaça

Retido nas neves de Bragança, o Carcaça incumbiu-me de colocar aqui o seu palpite. Aí vai:

Garcia Pereira - 39,5%
Francisco Louçã - 33,4%
Jerónimo de Sousa - 12,1%
Manuel Alegre - 7%
Mário Soares - 4,9
Cavaco - 2,1%

Mais um marco do Núcleo!

O Núcleo Duro é, entre os blogs que não são cavaquistas nem soaristas, o recordista em número de fotos do prof. Cavaco!

Vamos ouvir as palavras do prof. Cavaco a assinalar mais este triunfo do Núcleo:













Quantos mais quilómetros faço, quanto mais pessoas encontro, quanto mais realidades conheço, mais acredito que o Núcleo, se quiser, será de novo, Maior.

O forte calor humano dos beijos de Zizou que tenho sentido nesta campanha é um estímulo para continuarmos com confiança, esta mobilização nacional para o próximo domingo.

Estes últimos dias de campanha vão exigir muito de mim e de todos aqueles, e são todos os dias mais do que no dia anterior, me acompanham nesta onda de entusiasmo para um novo ciclo.

Estamos na recta final. Nestes últimos dias, não me cansarei de procurar transmitir um conjunto de ideias simples, mas ambiciosas:

Em primeiro lugar: o Núcleo tem a capacidade, a força interior, para fazer mais e melhor;

Segundo: Todos temos que entender o Carcaça todos os dias diferente que vivemos e que, desejavelmente, ajudaremos também a mudar;

Terceiro: Este Cablogue exige mais de cada um de nós e esta é a nossa maior e derradeira oportunidade;

Quarto: Urge passar a um Vostra de tranquilidade política, em que os Ernestos se possam concentrar nas grandes tarefas nacionais.

Prossigo a "volta" pelo país com o optimismo e com a certeza de que este é, já é, um tempo novo.


E para rematar: se esses camelos do Ernesto e do Carcaça não meterem os palpites hoje até às nove da noite, desisto a favor do Jerónimo.

Aviso ao Carcaça e ao Ernesto

Ou vocês metem HOJE ATÉ ÀS NOVE DA NOITE os vossos palpites para o Grande Jogo das Presidenciais do Núcleo, ou então estão liminarmente excluídos da competição e obrigados a pagar o jantar ao vencedor.

Não só isso como levam uma enormíssima carga de porrada, e os vossos cadáveres ensaguentados serão dados a comer ao Monstro da Lagoa Escura. Não acreditam?

Oh sr. prof., abra aí a bocarra e mostre como é que vai engolir os pelintras do Ernesto e do Carcaça:
















.


sexta-feira, janeiro 13, 2006

Alta Arte
Agri Cultura



O Ganza - Folha e Flôr, um blog dedicado à agricultura exótica, publicou um pequeno texto que ilustrou com um quadro de Rodrigo de Matos, um dos artistas preferidos do Núcleo Duro. Daqui o nosso abraço e felicitações pelo bom gosto. Boas colheitas e boas risadas!!!...

Núcleo Tele-escola

Professor Cavaco, hoje vamos aprender o abecedário. Começa pela letra A. Ora diga, "A"!







Muito bem! E agora vamos avançar para a letra "B". Ora diga: "B".










Não... Não... Isso era "A" outra vez... Ora tente lá: "B".










Pronto... Se calhar vão ser precisas uma aulas de compensação... Ora experimente só dizer: O Zizou é um panascolas recalcado que merecia uns açoites naquela bunda gorda, e o Vostra é um lacaio das multinacionais que está a encher o blog de vídeos e a fazer com que esta merda demore dez minutos a carregar:











Vão mesmo ser precisas muitas aulas de compensação.

- sr. Presidente: a que se deve o seu sorriso trocista?



- é que há uns tempos falaram-me que o tiberius possuia uma inteligência superior, equivalente ao talento do David Bowie quando compõs o Absolute Begginer ou do Beethoven quando fez a 9ª Sinfonia.

Núcleo Música

Hoje aqui no Top do Núcleo outra banda porreira: The White Stripes

- Quando vencer as eleições, vai precisar de uma equipa de assessores e conselheiros que, nos intervalos de não fazer nada, terá como competências preparar-lhe o pequeno almoço, aquecer-lhe o leitinho antes de fazer ó-ó, abrir-lhe a porta do Mercedes, escovar-lhe os fatos, fazer as compras do mês, limpar as sanitas do Palácio, pôr as cartas no correio e corrigir-lhe os discursos. Tiberius já demonstrou intenção de concorrer a uma das vagas. Terá alguma chance?
- Claro, é a pessoa indicada para o lugar. E ainda terá de me segurar no microfone quando eu discursar durante as presidências abertas.

Prof. Cavaco, o senhor anda com má cara, muito cinzento no fácies. Não quer tomar aqui estas vitaminas para ver se lhe põem mais cor no rosto?












.

Oh prof. Cavaco, ouvimos dizer que o Zizou lhe ensinou como é que se faz Garganta Funda, não quer mostrar como é?













.

prof., se lhe pedissem para descrever por gestos a orientação política de tiberius, o que faria?

sr. dr., que imagem escolheria para descrever a figura de tiberius?

prof. Cavaco: voltando ao membro sexual de tiberius, que outro esgar faria para expressar a sua opinião sobre o tema?

se lhe confidenciassem que tiberius é jornalista num importante pasquim nacional, como reagiria?

sr. prof., que expressão facial faria se fosse convidado a pronunciar-se sobre o membro sexual de tiberius?

Sim, eu acho a fotografia engraçada e qualquer pretexto serve para a meter aqui mil vezes seguidas, têm algum problema, têm, têm?

















Mais entrevista do Núcleo

Caríssimo Cavaco, sabia que ainda há uns quantos portugueses que não o consideram o salvador da pátria?










Oh sô Silva, agora vou contar-lhe ao ouvido o que a gente vai fazer ao Carcaça e ao Ernesto se eles não meterem os palpites no blog até segunda, sim?












Olhe, sr. prof., temos mesmo de admitir isto - o Cablogue vai votar em si, mas é só porque tem fantasias eróticas sobre a sua Maria em Belém.

Entrevistas do Núcleo

Oh Prof. Cavaco Silva, já ouviu o que o Santana disse de si noutro dia?













E olhe, sr. Silva, agora vou-lhe ler a entrevista do Kariaka ao Sovietskii Sport, está bem?











Finalmente, Aníbal, podia fazer-nos a sua imitação da cara do Zizou quando lhe disseram que o preço do chocolate ia subir?



 

banner for http://www.eurobilltracker.com

Powered By Blogger TM