.
.

NÚCLEO DURO

 

Pub

A política é a arte de fazer alianças. É só derreter os fios de ouro roubados...







Pub







segunda-feira, julho 07, 2003

País feio

O país está todo em obras e parece um estaleiro. Estradas, condomínios, centros comerciais, casas, prédios, pontes, teatros...: tudo parece estar a ser construído, ampliado ou requalificado. Em Aveiro, no Porto, em Lisboa, em Montemor, em Coimbra... Em cidades, vilas e aldeias. No litoral e no interior. No Verão e no Inverno. Obras a cargo de câmaras, do Governo, de institutos públicos ou de particulares. Obras financiadas por fundos comunitários ou não.
A questão é esta: as obras, à partida, deviam servir para melhorar e embelezar. E se é justo dizer que algumas obras o conseguem fazer, a verdade é que uma boa parte delas faz exactamente o oposto: estraga, destrói, corrompe, deforma, torna feio... Tantas intervenções e empreitadas, tantos tijolos e cimento, tanta madeira e telhas, tantos arquitectos e engenheiros, tantos presidentes de câmara e de junta... Tanto dinheiro.
O resultado, no entanto, é deprimente: Portugal está cada vez mais feio, mais desagradável, mais desordenado, mais desorganizado. Portugal deve ser dos países mais feios da Europa.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



 

banner for http://www.eurobilltracker.com

Powered By Blogger TM